Atualmente, é possível notar uma grande procura no mercado acerca de cosméticos contendo retinol como princípio ativo. Gostaria de saber mais sobre os benefícios e de como usá-lo no seu dia a dia? Confira nosso texto logo abaixo!

O que é o retinol? 

O retinol é a forma pura da vitamina A, pertencente à classe dos retinóides, sendo esse composto encontrado em alimentos como gemas de ovos, fígado, leite integral e seus derivados. Na cosmetologia eles são incluídos principalmente em cremes e óleos corporais, principalmente devido aos efeitos que seu uso proporciona.

Quais são as funções do retinol dentro de um cosmético? 

Esse componente é um dos ativos mais utilizados na dermatologia, possuindo muitos benefícios, como sua atuação na regeneração celular, esfoliação e síntese de colágeno. 

Quando o retinol é absorvido pela pele, transforma-se em ácido retinóico, assumindo a forma de um ácido ativo, capaz de se ligar a receptores presentes na pele, promovendo os efeitos desejados do tratamento, como o efeito anti envelhecimento, por exemplo.

A principal propriedade do ácido retinóico é estimular a renovação da pele (efeito ceratolítico), melhorando seu brilho, textura e firmeza, além de suavizar o aparecimento de poros dilatados. 

Outro ponto interessante, é que essa substância ativa também é capaz de diminuir a incidência de espinhas, pois seu efeito ceratolítico acelera a renovação celular ao eliminar as células mortas na superfície da pele, (responsáveis pelo entupimento dos poros), ajudando assim a reduzir a oleosidade do rosto, responsável pelo aumento de espinhas na pele.

Em conclusão, esse composto é indicado em casos de prevenção e tratamento do envelhecimento, no combate ao sebo e a acne, no clareamento de espinhas, no aparecimento de poros, bem como na manutenção da textura e no brilho da pele.

Como incluí-lo na sua rotina de skincare? 

Em uma rotina de skincare, o retinol facilita a penetração de outros produtos, podendo ser usado após a limpeza da pele e antes da hidratação. 

Além disso, cosméticos contendo o retinol podem ser usados pela manhã, mas muitas vezes são incluídos na rotina noturna. Essa escolha de horários irá depender da recomendação do dermatologista que o prescreveu. 

Assim, é importante pontuar a necessidade do uso de protetor solar com FPS muito alto (50 ou mais) caso o paciente preferir aplicar durante o dia, para que sejam evitadas eventuais irritações na pele.

Quer saber mais sobre como criar uma rotina de Skincare? Clique aqui.

E existem riscos no uso de retinol?

Apesar da popularidade crescente do retinol pelos seus efeitos na cosmetologia, estudos recentes mostram que o retinol puro não deve ser usado em altas doses, e que quando aplicado em pele exposta ao sol, esse composto pode aumentar sua sensibilidade. 

Ademais, os raios solares quebram a vitamina A, produzindo radicais livres tóxicos, os quais podem danificar e acelerar lesões e tumores na pele. Porém, é interessante apontar que esse componente é amplamente utilizado também em produtos de proteção solar, loções para a pele, produtos para os lábios e maquiagem. 

Portanto, busque a opinião de um profissional dermatologista para analisar quais as características e necessidades da sua pele. Assim, saberá se o uso do retinol é vantajoso para você. 

 

O ramo de produtos cosméticos lhe interessa? Gostaria de criar sua própria linha de produtos? Entre em contato conosco clicando aqui!

 

Referências:

Brasil Escola

Dermaclub

Dermaclub

Quer receber atualizações dos nossos conteúdos, promoções exclusivas e um ebook especial sobre a COVID-19 e seus cuidados?

Então inscreva-se agora! Basta informar os dados abaixo. É fácil, rápido e totalmente gratuito!