Escolha uma Página

Cosméticos naturais representam uma grande tendência no mercado atual. A Aloe Vera, popularmente conhecida como babosa, possui diversas aplicações devido os vários benefícios que seu uso pode proporcionar. Ficou interessado? Então confira esse post sobre o assunto!

A escolha dos consumidores

Sustentabilidade, escolhas mais saudáveis e conscientes: esses são alguns tópicos frequentemente abordados no mundo globalizado. As pessoas buscam cada vez mais consumir produtos alinhados com suas crenças. Dessa forma, os cosméticos com ingredientes naturais, tais como a Aloe Vera, representam uma grande oportunidade nesse ramo.

O que é a Aloe Vera?

Popularmente conhecida como babosa, a planta é amplamente utilizada por seus benefícios diversos. Assemelha-se a um cacto, do qual é possível extrair um suco da parte externa e um gel viscoso, conhecido como gel de Aloe Vera, da parte interna. O gel constitui-se principalmente por água e polissacarídeos, além de 70 outros componentes, tais como: vitaminas A, B, C e E, cálcio, potássio, magnésio e zinco, diversos aminoácidos, enzimas e carboidratos. O suco possui principalmente aloínas, substâncias com propriedades terapêuticas.

A planta é comumente utilizada, de forma caseira, para a hidratação dos cabelos e pele. Entretanto, pode ser usada para diversas aplicações, que vêm sendo estudadas e exploradas nos últimos anos.

Quais seus benefícios?

Conhecida por possuir propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes, hidratantes e nutritivas, a Aloe Vera é utilizada há anos na medicina tradicional. Ao longo do tempo, foi incorporada também em produtos cosméticos, devido sua gama de propriedades interessantes.

Diversos estudos identificaram algumas substâncias do gel, tais como polissacarídeos, como potencialmente responsáveis pelo efeito anti-inflamatório e cicatrizante. A acemanana, por exemplo, mostrou-se capaz de estimular a proliferação de fibroblastos e queratinócitos, diretamente relacionados com a cicatrização e reparo da pele. A manose-6-fosfato, outro polissacarídeo, também mostrou ter influência no processo de cicatrização e na diminuição dos sintomas da inflamação.

O gel também tem ação hidratante e nutritiva, uma vez que é composto de diversas vitaminas e aminoácidos e possui grande quantidade de água. Estudos experimentais também relatam que a Aloe Vera tem atividade antineoplásica (ou seja, de diminuir/evitar a proliferação de tumores). As aloínas, provenientes do suco da Aloe Vera, são as substâncias potencialmente responsáveis por esse efeito.

Ficou interessado?

Quer saber mais como utilizar essa planta pode ser interessante para o seu cosmético? Entre em contato conosco, clicando aqui!