Shampoos No Poo e Low Poo são, basicamente, técnicas de lavagem e cuidados capilares nas quais são utilizados somente produtos sem componentes derivados de petróleo (petrolatos, óleo mineral, parafina líquida, vaselina, etc) e shampoos sem sulfatos, que danificam ou prejudicam a hidratação natural dos fios. Mas funciona? Venha conferir!

 

O que são ?

Quantos de nós já tivemos a sensação de que aquele shampoo lavou demais os fios? O aspecto rígido e áspero no final do processo de lavagem é resultado de substâncias como o Lauryl Sulfate, Sodium Laureth Sulfate e outros agentes de limpeza de caráter ultra-limpantes presentes em muitos shampoos comuns do mercado.

E se o seu cabelo é ressecado, mais complicado será! Cabelos secos, geralmente os cacheados, crespos e encarapinhados, sofrem demais com os danos causados pelo sulfato, por conta da estrutura curvada que impede a progressão do óleo até a ponta dos fios.

Low Poo = Shampoo de pouca espuma (sem sulfatos)

Os shampoos Low Poo (pouca espuma), são compostos por agentes de limpeza de caráter leve, que não agridem a fibra capilar. Eles são mais leves, muitos deles fazem menos espuma que os shampoos comuns e proporcionam limpeza aos fios sem retirar a proteção natural dos cabelos.

Estes shampoos têm a capacidade de retirar dos fios silicones insolúveis sem danificar suas fibras.

Mas produtos com componentes derivados de petróleo deixam resíduos nos fios e só podem ser removidos com o uso de shampoos com sulfato. Essa substância, além de retirar os resíduos, também remove a oleosidade natural dos fios, causando um ressecamento muito forte.

No Poo = Sem shampoo

Lavar os cabelos sem shampoo é possível e o No Poo (sem espuma) é justamente isto.

A lavagem pode ser feita de diversas formas. Algumas pessoas optam pelo co-wash, os quais são condicionadores que contêm surfactantes leves (substâncias que mantém a forma da mistura), ou substâncias naturais de caráter limpante que, combinados com um pouco de atrito manual, podem remover a sujeira, detritos e excesso de óleo do couro cabeludo e do cabelo sem espumar.

Técnica Co-Wash

Co-Wash: (Co = condicionador) + (Wash = lavagem)

O cabelo encaracolado tende a ser mais poroso do que o liso, o que torna praticamente impossível enxaguar todos os traços de xampu sem causar frizz. Essa técnica é ideal para quem tem fios muito ressecados e quer manter a hidratação e limpar os mesmos. Esses produtos não podem ter silicones insolúveis ou derivados de petróleo na sua composição.

Grande parte dos cosméticos com petrolatos, possuem uma ação imediata quando se trata dos quesitos brilho e alinhamento dos fios.

As substâncias produzem uma película nos fios e um brilho intenso. Mas não se engane: este brilho é uma máscara que muitas vezes não está nada relacionado a saúde dos cabelos. O brilho não tem qualquer poder de tratamento, sendo muito utilizado nas composições cosméticas para encorpar a textura dos produtos, mas realmente o brilho é superficial.

A película brilhante não só mascara a saúde dos cabelos como também impede que muitas vitaminas e nutrientes dos cosméticos sejam absorvidos com eficácia.

No entanto, esta película que os petrolatos formam, não ficam para sempre nos fios. Todos os derivados de petróleo são removidos dos cabelos com os shampoos agressivos, ditos acima. É um ciclo, onde um depende do outro.

Produtos com petrolatos -> Precisam de shampoo agressivo -> Causando ressecamento

No Poo e Low Poo são naturais?

Não necessariamente, Sendo assim, quando um cosmético é classificado como produto liberado para Low Poo e No Poo, basicamente quer dizer que ele não contém nenhuma das substâncias abaixo:

substâncias para low poo e no poo

Porém pode sim conter ingredientes que não são permitidos em Cosméticos Naturais, pois as regras para classificar um cosmético como “Natural” ou “Natural e Orgânico” são bem mais restritas.

Por exemplo: Um cosmético capilar pode ser classificado como “produto liberado para No/Low Poo” por ser livre de Sulfatos, Silicones e Óleo Mineral mas, ao mesmo tempo, conter agentes como conservantes potencialmente perigosos à saúde e fragrâncias sintéticas em sua composição, fato que o torna bem distante de ser um Cosmético Natural.

Tendo em vista que não há legislação que regulamente a produção de cosméticos naturais e orgânicos no país, dependemos que ag^ncias privadas regulamentem esses produtos e nos digam se o produto realmente possui as características necessárias para ser categorizado como “natural”. Caso o produto seja inspecionado e aprovado por tal agência, ele recebe o selo certificação (geralmente estampado no rótulo).

Vantagens do No Poo e do Low Poo

Cabelo Natural

As técnicas surgiram com o objetivo de ajudar as pessoas a abraçar sua textura natural do cabelo. O cabelo cacheado e crespo, por sua natureza, é seco, sendo preciso ter muito cuidado com os produtos químicos que utiliza. A falta de hidratação é o resultado direto do uso de surfactante com muita frequência.

Tintura

Quem deseja colorir os cabelos e segue a técnica de Low Poo pode ficar em dúvida se pode ou não tingir o cabelo. A boa notícia é que pode sim! A ruim é que não é qualquer tintura ou tonalizante que pode ser usado.

Sendo assim, existem dois caminhos: usar uma tintura proibida para a técnica e utilizar um shampoo com sulfato em seguida ou usar tinturas e tonalizantes liberados.

Sulfatos removem mais agressivamente os pigmentos dos cabelos coloridos, enquanto que o uso de shampoos mais suaves aumentam a durabilidade das tinturas.

Frizz

Para cabelos cacheados, um shampoo sem sulfato é a melhor opção, porque não só seu cabelo ficará muito mais hidratado e saudável, mas também seu frizz será consideravelmente reduzido.

Meio-ambiente

Optar pela isenção dos derivados de petróleo em nossos cosméticos é também uma atitude positiva que reforça a preocupação com a natureza. O pior legado do petróleo são os vazamentos na extração e as tristes catástrofes ambientais causadas por eles. Os vazamentos de petróleo destroem toda a vida marinha e prejudica inclusive a produção de oxigênio do planeta.

Estamos migrando em direção a cosméticos cada vez mais livres de aditivos sintéticos e redescobrindo o poder das ervas, dos óleos vegetais e amando cada vez mais o que a natureza tem a nos oferecer. E aí estão os óleos vegetais como alternativas ao óleo mineral, assim como as ceras vegetais que substituem as ceras de origem petroquímica em tantos cosméticos.

Como escolher entre No Poo e Low Poo?

Por vezes você não consegue domar a produção de óleo de seus cabelos finos, outras vezes resíduos de géis e óleos podem não ser retirados completamente e resultar em um pequeno acúmulo. Nesse casos, para evitar ressecar os cabelos e afastar as madeixas oleosas, é sugerido o uso do Low Poo (shampoo sem sulfato) que limpa suavemente e contém certos ingredientes naturais com potencial higienizador, como hortelã, copaíba, aloe vera, alecrim, litsea cubeba, argilas, carvão ativado, gengibre, chá verde ou tea tree.

Se o seu cabelo é super ressecado e pode ficar alguns dias sem lavar e não apresenta oleosidade com facilidade, o No Poo é para você! Abandone a espuma e sinta todos os benefícios de uma limpeza que não retira sua hidratação e proteção. Logo, o organismo não vai sentir necessidade de repor o óleo e, com isso, o cabelo leva mais tempo para ficar com ipurezas, o que reduz sua necessidade constante de lavagem.

Como fazer Low Poo e No Poo?

Low Poo:

1. Molhe os cabelos no banho. Não utilize água muito quente, pois é ruim para os seus cabelos e para a sua pele, resultando em (no) ressecamento e descamação.

2. Adicione nas palmas da mãos uma quantidade de shampoo sem sulfato da sua escolha e, com os dedos, massageie levemente por toda a extensão do couro cabeludo. Evite usar shampoo no comprimento e pontas, além disso, o enxágue é o suficiente para remover completamente a sujeira sem agredir os fios.

3. Enxágue todo o couro cabeludo para remover toda a espuma.

4. Aplique o condicionador sem derivados de petróleo de sua preferência e massageie mecha a mecha com os dedos, do comprimento às pontas. Enxágue e em seguida deixe secar naturalmente ou com a ajuda de um difusor.

No Poo:

1. Molhe os cabelos no banho.

2. Adicione nas palmas da mãos a quantidade de condicionador para limpeza que você escolheu, e, com as pontas dos dedos, massageie o couro cabeludo. Esse atrito estimula e elimina qualquer sujeira ou resíduo do produto, as quais são suspensas do couro cabeludo.

3. Continue esse movimento por todo o couro cabeludo, começando nas têmporas, continuando até o topo e descendo para parte de trás da cabeça.

4. Enxágue todo o couro cabeludo para remover todo o creme.

5. Aplique um condicionador hidratante sem silicones do comprimento às pontas, massageando mecha a mecha até ficar sedoso. Você pode enxaguar completamente ou deixar resquícios, dependendo da quantidade de hidratação que seu cabelo precisa.

 

Gostou do nosso conteúdo? Nós podemos te ajudar a criar sua própria linha de shampoos Low Poo! Entre em contato conosco clicando aqui!

 

Referências:

https://www.meucabelonatural.com.br/o-que-e-nolow-poo

https://www.dermabox.com.br/pagina/no-e-low-poo-guia-para-iniciantes.html