A constante busca por tratamentos de pele e procedimentos estéticos que ajudem a realçar a beleza natural de uma pessoa é uma pauta que vem cada vez mais fortalecendo o mercado de cosméticos. A descoberta dos benefícios dos ácidos com função cosmética obteve grande sucesso nesses procedimentos e gerou grande relevância ao público consumidor. Veja os ácidos mais utilizados, assim como a função de cada um deles!

Quais os benefícios dos ácidos?

  Os ácidos apresentam diversas funções que incluem: clarear manchas, controlar a oleosidade, hidratar a pele, prevenir envelhecimento, além de estimular a produção de colágeno e elastina.

Quais os ácidos mais utilizados e as suas funções?

Ácido hialurônico
Ele é conhecido por trazer viço à pele ao regenerar as células e evitar o ressecamento da pele, assim, atua combatendo envelhecimento precoce da pele. Temos mais informações detalhadas sobre esse ácido aqui.

Ácido glicólico
Apresenta ação esfoliante, age contra radicais livres e estimula a produção de colágeno. Muito indicado para peles que sofrem de cicatrizes de acne e com manchas. Para mais informações, acesse o nosso texto especialmente sobre ele.

Ácido ascórbico
O ácido ascórbico é o nome químico que é dado à forma pura da vitamina C. Algumas das principais vantagens do uso dele, incluem: proteção contra raios UVA e UVB, uniformização da tonalidade de pele e suavização de linhas de expressão.

Ácido salicílico
Age como esfoliante, anti-inflamatório e controla a oleosidade e a dilatação de poros.

Ácido retinóico
Proveniente da vitamina A, esse ácido ajuda a tratar peles com cravos e acnes e, principalmente, peles maduras ao estimular a produção de colágeno e minimizar as rugas e linhas de expressão.

Ácido mandélico
Indicado para peles sensíveis devido ao tamanho da molécula do ácido que, por ser maior, tem absorção lenta na pele, esse ácido é utilizado no tratamento de acnes e melasma.

Ácido Kójico
Derivado de fungos como a Aspergillus e o Penicillium, tal ácido atua no tratamento de manchas de pele devido a ação despigmentante natural.


Como utilizar os ácidos no rosto?

  Primeiramente, é importante que o ácido seja adequado para tratar o que a pele realmente necessita e para isso, é essencial que haja a análise de uma profissional dermatologista.
  Com o ácido escolhido, é recomendado que o contato inicial da pele com o produto seja realizado em dias alternados ou até em menor frequência dependendo do caso, pois cada pele apresenta uma resposta diferente ao ativo, podendo levar a irritação, vermelhidão e descamação, sendo indicado a suspensão do uso em algum desses casos.
  Outros passos imprescindíveis são o uso de hidratante após a aplicação do ácido e o uso de protetor solar, principalmente se o ácido for utilizado de dia.

Cuidados especiais para peles sensíveis

  As peles sensíveis devem ter cuidado redobrado que, além de ter o acompanhamento de uma dermatologista, inclui utilizar ácidos menos agressivos e que contenham ação mais hidratante, sendo importante também que a pele tenha sido previamente reparada e assim, esteja preparada para o contato com ácidos.

Gostou do conteúdo e deseja desenvolver o seu cosmético com ácido? Nós podemos te ajudar no desenvolvimento delas, entre em contato clicando aqui.

Referências

Dermaclub

Sallve

Onodera

Olá! Clique aqui para entrar em contato com nossa assessora!