Com a grande variedade de produtos de higiene e beleza disponíveis no mercado, é natural que surjam dúvidas sobre qual adquirir. Um dos fatores que costuma confundir os consumidores são as texturas dos produtos. Diante disso, nós preparamos esse conteúdo para esclarecer a diferença entre sérum, gel e creme e qual a importância de fazer a escolha certa para sua pele!

A importância de escolher a textura correta

Para cada tipo de pele (oleosa, seca, mista) existe uma textura mais adequada. A textura influencia diretamente na experiência do consumidor com o produto, por isso é importante escolhê-la corretamente. Quando escolhida a textura correta, a aplicação se torna mais confortável e você se adapta ao uso do produto – o que é essencial, especialmente se trata-se de um produto usado diariamente, em uma rotina de Skincare. Confira abaixo as diferentes texturas e para qual tipo de pele elas se destinam. 

Sérum

Os séruns possuem uma rápida absorção e conferem um acabamento leve, ideal para quem se incomoda com a sensação do produto sobre a pele. Em geral, os séruns contém ativos variados (como Vitamina C e Ácido Hialurônico, por exemplo), e são uma ótima opção para quem busca um cuidado especial para a pele. Temos um post exclusivo sobre séruns, basta clicar aqui para conferir!

Gel

O gel consiste em um material viscoso, mas fácil de aplicar que forma um filme seco e transparente sobre a pele. Essa textura é indicada para a pele oleosa, com tendência à acne e com brilho, uma vez que sua formulação é livre de óleo. Entretanto, seu uso deve ser evitado em peles sensíveis e com tendência ao ressecamento.

Creme

O creme, por sua vez, é a textura mais densa, com alto poder de hidratação. Sendo assim, é indicado para quem apresenta pele seca, e deve ser evitado por quem possui tendência à oleosidade.

 

Gostou do conteúdo? Ficou alguma dúvida? É do ramo cosmético e tem interesse em desenvolver um novo produto? Então não hesite em nos contatar! Envie sua mensagem clicando aqui.