Escolha uma Página

O Brasil é o 4º maior consumidor de produtos cosméticos no mundo. Os itens de beleza e higiene são produzidos na indústria, transportados para os centros de distribuição, e posteriormente disponibilizados nas lojas, prontos para serem adquiridos pela população. Ao longo de todos esses processos, o produto fica sujeito à danos e alterações, nem sempre visuais. Nesse contexto, os testes de estabilidade de cosméticos tornaram-se essenciais para garantir a eficácia e segurança dos consumidores.

O que são os Testes de Estabilidade?

Esses testes avaliam as propriedades do produto desde sua fabricação até o término de sua validade. Funcionam como uma forma de detectar problemas relacionados à formulação, ao processo produtivo, transporte e acondicionamento. A estabilidade do produto pode ser influenciada por fatores extrínsecos (externos ao produto), por exemplo: tempo, temperatura, umidade, vibração, microrganismos, luz e oxigênio; ou por fatores intrínsecos (relacionados à própria natureza das formulações).

Esses fatores podem causar alterações nas características do produto, tanto visuais e sensoriais (mudanças de cor, odor, separação de fases, fazendo com que um creme, por exemplo, deixe de ser homogêneo) como mudanças imperceptíveis, alterando a composição química dos cosméticos. A umidade pode levar ao crescimento de microrganismos, como fungos e bactérias, enquanto que a exposição à luz e ao oxigênio pode desencadear reações químicas e gerar radicais livres, tóxicos ao organismo.

Que testes são realizados? Como?

 

Nos testes de estabilidade são realizados ensaios organolépticos (que visam avaliar cor, odor e aspecto do produto) e testes físico-químicos, como estudo da condutividade elétrica; valor do pH; teste da viscosidade; teste de centrifugação; estresse-térmico; ciclo gela-degela e análise microscópica. A Farmacon Jr executa esse serviço com apoio de docentes especializados na área, e conta com toda a infraestrutura de laboratórios disponível na USP-RP.

Por que devo fazê-los?

Todas estas análises visam identificar as possíveis alterações nos itens de higiene e beleza, de forma a garantir que estes desempenhem suas funções esperadas. Portanto, os testes de estabilidade de cosméticos são indispensáveis para qualquer empresa desse ramo, pois asseguram a segurança dos produtos e o bem-estar do consumidor. Ficou interessado? Entre em contato conosco e saiba mais!

Referências
Guia de Estabilidade de Produtos Cosméticos – ANVISA