Dentre os experimentos realizados para a análise de água, tem-se os testes físico-químicos, isto é, ensaios que irão possibilitar a determinação das propriedades químicas e físicas da água a ser estudada, sendo essenciais para a caracterização do perfil de qualidade desta.

Quais os testes físico-químicos realizados?

O padrão de qualidade da água está intrinsecamente ligado à seu perfil físico-químico, e para sua determinação são realizadas análises para a verificação dos seguintes parâmetros:

  • pH: Analisado a partir de métodos potenciométricos.
  • Alcalinidade total: Medida da capacidade da água em neutralizar ácidos, ou seja, demonstra sua capacidade em atuar como um tampão, sendo determinada por métodos de volumetria.
  • Oxigênio dissolvido: Sua presença em água está relacionada à existência de microrganismos aeróbicos, e é indispensável para seres vivos, principalmente peixes e plantas aquáticas, neste caso.
  • Condutividade elétrica: Define a capacidade da água em conduzir corrente elétrica.
  • Sólidos totais dissolvidos: Estabelece a soma dos compostos químicos dissolvidos em água, e é um importante indicador da presença de produtos químicos contaminantes.
  • Turbidez: Propriedade óptica que impede que a luz seja transmitida em linha reta pela amostra, e sim espalhada e absorvida.
  • Carbono orgânico total: Quantifica a presença de matéria orgânica a partir da oxidação do carbono.
  • Demanda biológica e química de oxigênio: Permitem a identificação da presença de matéria orgânica, através de testes de oxidação.
  • Substâncias químicas: Neste contexto podem ser analisados fósforo total, fosfatos, nitrogênio molecular, orgânico e total, nitrato, nitrito, amônio.
  • Dureza total: Está relacionada à soma de cátions bivalentes presentes na água, os quais correspondem à íons metálicos alcalino-terrosos, e outros cátions como ferro, estrôncio, zinco, e alumínio.
  • Contaminantes orgânicos: Neste caso são analisados compostos orgânicos como detergentes, pesticidas e solventes industriais, por exemplo.

Como é feita a coleta das amostras?

Para que as análises físico-químicas sejam feitas, é necessário primeiramente a coleta da amostra de água a ser estudada. Sob esse enfoque, é importante determinar um plano de trabalho que viabilize coletar um volume de amostra representativo para os testes, e que seja de fácil transporte. Nesse processo podem ser utilizados coletores ou extratores para obtenção da amostra, e após isso essas devem ser identificadas, acondicionadas de forma apropriada que não permita contaminações, até que sejam feitas as devidas determinações no laboratório.

 

Quero realizar testes físico-químicos de água, o que faço?

Se seu empreendimento está interessado em adequar-se às legislações e garantir a qualidade da água de sua empresa por meio de testes físico-químicos, a  Farmacon Jr. pode te ajudar! Entre em contato conosco clicando aqui

Referências:

Embrapa

FUNASA

Olá! Clique aqui para entrar em contato com nossa assessora!